Sérgio Moro

Post
Eduardo Cunha relativiza impeachment de Bolsonaro comparado com Dilma Rousseff e afirma. “Se eu fosse presidente da Câmara dos Deputados jamais aceitaria o pedido de impeachment de Bolsonaro”.

Eduardo Cunha relativiza impeachment de Bolsonaro comparado com Dilma Rousseff e afirma. “Se eu fosse presidente da Câmara dos Deputados jamais aceitaria o pedido de impeachment de Bolsonaro”.

O ex-deputado Federal lançou, em Sorocaba, na última segunda-feira o livro “Tchau Querida. O Diário do Impeachment” onde relata, em 800 páginas escritas em co-autoria com a sua filha, Daniela Cunha, os bastidores do afastamento de Roussef da presidência da República. Integrantes do PTB, partido no qual Cunha é pré-candidato a deputado federal, curiosos e...

Post
Moro acredita em um Brasil com inflação controlada e cuidado com as pessoas atravé da responsabilidade fiscal

Moro acredita em um Brasil com inflação controlada e cuidado com as pessoas atravé da responsabilidade fiscal

Candidato à sucessão presidencial pelo Podemos, Sérgio Moro recebeu título de Cidadão Sorocabano e, após a cerimônia na Câmara Municipal de Sorocaba, concedeu entrevista coletiva à imprensa. Ele criticou a falta de um plano nacional de Educação do governo Federal após a fase mais crítica da pandemia da Covid-19 e está confiante que sairá dos...

Post
Sérgio Moro afirma que Brasil não é de “lulistas” e de “bolsonaristas” ao avaliar a sua pré-candidatura à sucessão presidencial.

Sérgio Moro afirma que Brasil não é de “lulistas” e de “bolsonaristas” ao avaliar a sua pré-candidatura à sucessão presidencial.

O ex-ministro da Justiça foi homenageado nesta sexta-feira na Câmara Municipal de Sorocaba com o título de Cidadão Sorocabano, oferecido pelo vereador Ítalo Moreira (PSC). http://camarasorocaba.sp.gov.br/newsitem.html?id=6234b61f9b2b8d06047e6863 Respondendo uma pergunta do jornalista Reinaldo Galhardo, diretor da Agência de Notícias SNEWS, o ex-juiz também condenou o clima de ódio relacionado à candidatura de Jair Bolsonaro que estimula...

Post
Sérgio Moro receberá título de Cidadão Sorocabano após aprovação de projeto na Câmara Municipal

Sérgio Moro receberá título de Cidadão Sorocabano após aprovação de projeto na Câmara Municipal

Proposta foi apresentada pelo vereador Ítalo Moreira (PSC) e aprovada na sessão desta quinta-feira, 02, por vereadores. Segundo o parlamentar o ex-ministro da Justiça e ex-juíz responsável pelos processos da Operação Lava Jato atuou com rigor no combate à corrupção, no qual algumas das operações também foram deflagradas na cidade e municípios da região. Na...

Post
Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, é um nome forte na ‘peneira’ da eleição presidencial de 2022, avalia ativista político Guilherme Gustavo

Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, é um nome forte na ‘peneira’ da eleição presidencial de 2022, avalia ativista político Guilherme Gustavo

O jovem sorocabano observa o cenário nacional em torno da sucessão de Jair Bolsonaro, entre tantos outros nomes como o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, que assinará a sua ficha de filiação ao Podemos, nesta quarta-feira, 10. “Temos 12 milhões de desempregados que precisam trabalhar e colocar mantimento na mesa e estão insatisfeitas com o...

Post
“Rejeição ao presidente Bolsonaro não nasce de ideologia partidária mas da sua incapacidade de governar e não respeitar instituições democráticas”, afirmam ativistas em Sorocaba.

“Rejeição ao presidente Bolsonaro não nasce de ideologia partidária mas da sua incapacidade de governar e não respeitar instituições democráticas”, afirmam ativistas em Sorocaba.

Guilherme Gustavo e Humberto Jantim Neto elencam séries de erros na condução do Brasil por Jair Bolsonaro, comentam a importância da Operação Lava Jato e a crise de saúde pública provocada pela pandemia da Covid-19. Carreata defendendo o impeachment do presidente será realizada no próximo domingo, às 14h, no Parque Campolim. https://youtu.be/nPHhYQ3D2eM

Post
Para alguns especialistas transferência dos processos de Curitiba para a Justiça Federal de Brasília contra Lula protege as provas e sentenças oriundas da Operação Lava Jato e do juiz Sérgio Moro contra o ex-presidente. Tumulto, esmagamento de pessoas, tentativa de invasão e ameaças contra jornalistas marcaram o último dia de liberdade de Lula no dia 7 de Abril de 2018

Para alguns especialistas transferência dos processos de Curitiba para a Justiça Federal de Brasília contra Lula protege as provas e sentenças oriundas da Operação Lava Jato e do juiz Sérgio Moro contra o ex-presidente. Tumulto, esmagamento de pessoas, tentativa de invasão e ameaças contra jornalistas marcaram o último dia de liberdade de Lula no dia 7 de Abril de 2018

A SNEWS estava lá quando cerca de 10 mil pessoas cercaram a sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC com o objetivo de convencer o ex-presidente Lula a não se entregar à Polícia Federal. Naquele dia jornalistas eram intimidados pela população que gritava “Lula Livre”. O Jornalista Reinaldo Galhardo chegou a divulgar que deixaria o...

Post
Último discurso de Lula teve tom ‘messiânico’, críticas ao então juiz Sérgio Moro e à Operação Lava Jato. Condenado a 8 anos e 10 meses de prisão Lula cumpriu 580 dias de pena. O ex-presidente foi solto no dia 8 de Novembro de 2019, após decisão do STF de 6 votos a 5 que invalidou condenação em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Último discurso de Lula teve tom ‘messiânico’, críticas ao então juiz Sérgio Moro e à Operação Lava Jato. Condenado a 8 anos e 10 meses de prisão Lula cumpriu 580 dias de pena. O ex-presidente foi solto no dia 8 de Novembro de 2019, após decisão do STF de 6 votos a 5 que invalidou condenação em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Lula ocupava uma cela adaptada na sede da Polícia Federal de Curitiba onde recebia amigos, advogados e ex-ministros. Anulação de suas condenações pelo ministro do STF, Edson Fachin, alteram o tabuleiro de xadrez para a sucessão presidencial de 2022. No vídeo a seguir você pode relembrar o último discurso do petista antes de se entregar...

Post
Lula se torna elegível para disputar a presidência da República, em 2022, após habeas corpus concedido pelo ministro do STF, Edson Fachin. Decisão anulou todas as condenações da Operação Lava Jato contra o ex-presidente

Lula se torna elegível para disputar a presidência da República, em 2022, após habeas corpus concedido pelo ministro do STF, Edson Fachin. Decisão anulou todas as condenações da Operação Lava Jato contra o ex-presidente

O cancelamento das condenações afeta a 13ª Vara Federal de Curitiba que deu origem à Força Tarefa da Lava Jato e que foi considerada incompetente para julgar os processos do tríplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e do Instituto Lula. A SNEWS resgata o último discurso de Lula, antes dele se entregar à Polícia...

  • 1
  • 2
EnglishFrenchPortugueseSpanish