Sorocaba to the World

Fotojornalismo

Vinde a mim

Vinde a mim

Todos que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e encontrais descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. https://pt.wikipedia.org/wiki/Jesus (Esta imagem só será substituída quando for anunciado o fim da pandemia da Covid-19 no mundo).

Videojornalismo

SNEWS firma parceria com coordenação de Jornalismo da Universidade de Sorocaba

Clique na imagem para acessar o site

Entre os destaques da semana reportagens abordam o avanço da tecnologia provocado pela pandemia do coronavírus no mundo, ações voluntárias de entidades assistenciais, o risco de impeachment do presidente Bolsonaro e muito mais

 

Acesse a página e compartilhe

Coordenador Curso de Jornalismo – Professor Fernando Negrão Duarte | Técnico Responsável – Douglas Valle | Coordenação Técnica – Professor Luiz Rodrigues | Editor chefe – Gabriel Lara | Apresentador 1 – Joyce Rosa  | Apresentador 2 – Handerson Soares | Editorial – Talissa Medeiros

Editorias: Bruna Deroldo – Cultura | Gabrielle Rodrigues – Cultura | Ana Laura – Saúde | Talissa Medeiros – Saúde | Carol Fernandes – Esportes | Rafael Claro – Esportes | Kally momesso – Previsão do tempo | Isabeli Arrais – Educação | Gabriela Couto – Região | Thaís Santos – Meio Ambiente | Giulia Camargo – Curiosidade | Nicole Annunciato – Polícia | Carolina Morelli – Economia | Karen Hayashida – Política | Giovanna Abbate – Solidariedade | Giovana Becegato – Ciência e tecnologia

International Channel SNEWS – 14, Jun

Operação Polícia Federal

Polícia Federal deflagra a Operação Checker contra fraudes no pagamento do Auxílio Emergencial durante a pandemia da Covid-19

Polícia Federal deflagra a Operação Checker contra fraudes no pagamento do Auxílio Emergencial durante a pandemia da Covid-19

Um total de 12 policiais federais cumprem 2 mandados de prisão preventiva e 2 mandados de busca e apreensão em Umuarama, estado do Paraná. Segundo a PF as fraudes usavam programas de computador que geravam CPFs e softwares chamados de “checkers”, cujo sistema revelava os titulares aptos a receber o Auxílio Emergencial. Consequentemente os saques eram realizados depois no caixa eletrônico, na agência bancária, ou por meio de transferência via PIX. O prejuízo provocados aos cofres públicos é estimado em R$ 1 milhão. O líder do esquema já foi identificado e já havia aplicado outros golpes na região de Umuarama...

Colunistas

Sorocaba to the World

Sorocaba em Imagens

Institutional in English

Space News

Compartilhe:
EnglishFrenchPortugueseSpanish